Saltar para o conteúdo

“«Não temas, Zacarias, porque foi ouvida a tua oração; tua mulher Isabel dará um filho ao qual porás o nome de João. Será para ti motivo de gozo e alegria, e muitos se alegrarão com no seu nascimento»” (Lc 1, 13)

Zacarias, apesar da idade avançada, não desistiu do seu sonho e continuou a acreditar, orando com toda a fé…

Penso nos meus sonhos, nos meus desejos mais profundos e secretos…. Partilho-os com Deus, e rezo, com a confiança e a convicção que serão realizáveis se forem, para mim e para muitos, motivo de alegria.

"José, seu esposo, sendo justo, e não a querendo difamar resolveu repudiá-la secretamente." (Mt 1, 19)

E eu? Tenho sensibilidade e delicadeza para perceber o outro?

Julgo injustamente? Aponto, por vezes, o dedo? Rotulo as pessoas e sou preconceituoso?

Senhor, ajuda-me! Quero ser justo como José e dizer-te SIM, acolhendo a Tua presença na minha vida.