Saltar para o conteúdo

PERDÃO

Diz uma linda lenda árabe que dois amigos viajavam pelo deserto e, 
em determinado ponto da viagem, discutiram e um esbofeteou o outro. O outro, ofendido, sem nada a dizer, escreveu na areia:
HOJE, O MEU MELHOR AMIGO DEU-ME UMA BOFETADA.

Seguiram e chegaram a um oásis onde resolveram banhar-se. 
O que havia sido esbofeteado começou a afogar-se sendo salvo pelo amigo.
Ao recuperar-se pegou um estilete e escreveu numa pedra:
HOJE, O MEU MELHOR AMIGO SALVOU-ME A VIDA.

Intrigado, o amigo perguntou:
- Porque é que depois de te bater, escreveste na areia e agora escreveste na pedra?
Sorrindo, o outro amigo respondeu:
- Quando um grande amigo nos ofende, devemos escrever na areia onde o vento do esquecimento e do perdão se encarregam de apagar; porém quando nos faz algo grandioso, devemos gravar na pedra da memória do coração onde nenhum vento do mundo poderá apagar.

ESCLARECIMENTO À POPULAÇÃO

Tendo chegado ao nosso conhecimento que algumas pessoas têm percorrido várias casas solicitando ofertas para o Centro de Acolhimento e Formação Jovens em Caminhada (CAFJEC), sito na Rua de S. João, nº 3 da cidade de Braga, a Direção da Associação Juvenil Jovens em Caminhada e do CAFJEC faz saber que não promoveu qualquer peditório nem porta a porta nem na rua, pelo que estamos perante uma burla que deve ser denunciada às autoridades competentes.

Braga, 29 de março de 2020

Estimados amigos aqui fica o artigo/entrevista acerca do CAFJEC /JOEMCA publicado na Revista Mensageiro do Coração de Jesus, do mês de Abril, cuja temática deste mês (intenção mensal do Papa) é o serviço de acolhimento e/ou acompanhamento das pessoas vitimas de dependências.

web: http://livraria.apostoladodaoracao.pt/revistas/mensageiro-digital