Saltar para o conteúdo

Quero manifestar a minha mais profunda gratidão a todos aqueles que responderam, com admirável generosidade, ao "Apelo Solidário" que fiz, há oito dias, em favor do CAFJEC. Confesso que o faço com forte emoção, pois o eco que o meu "Apelo" tem encontrado em tantos corações é simplesmente espantoso! Que o Senhor a todos recompense abundantemente! E continuamos a contar com a generosa partilha de muitos mais.

Com um abraço fraterno de muita amizade,

P. José Rui da Costa Pinto

Aos que ainda não fizeram e tem disponibilidade para fazer o vosso donativo pode ainda ser enviado por cheque ou vale postal, em nome de Jovens em Caminhada, e para o endereço: Rua de S. João, no 3 - 4700-325 Braga, ou por transferência bancária para o IBAN:

PT50 0036 0038 9910 0507 9040 5

Caros Amigos e Benfeitores

A pandemia que ainda vivemos obrigou-nos a cancelar, desde março, todas as nossas atividades, nomeadamente aquelas que contribuíam significativamente para a sustentabilidade financeira do nosso Centro de Acolhimento de jovens sem-abrigo (CAFJEC): campanha do Farricoco Solidário, Festival da Canção, Braga Romana. Por isso, encontramo-nos numa situação financeira dramática, como nunca tínhamos vivido ao longo dos 26 anos de vida do Centro. Neste contexto, lanço um apelo a todos os membros da nossa família Joemca - atuais e antigos - e suas famílias, aos nossos amigos e benfeitores e a todos aqueles que têm um coração solidário e compadecido: ajudem-nos com o vosso donativo para que possamos continuar esta obra que já acolheu mais de 3.700 jovens e onde tantos têm encontrado novo rumo, novas razões de viver, nova esperança, nova vida!

O vosso donativo pode ser enviado por cheque ou vale postal, em nome de Jovens em Caminhada, e para o endereço: Rua de S. João, no 3 - 4700-325 Braga, ou por transferência bancária para o IBAN:

PT50 0036 0038 9910 0507 9040 5

Este donativo é dedutível no IRS e passarêmos o respetivo recibo pedindo, para tal, que nos enviem o nome, número de contribuinte e endereço.

A todos deixo um abraço de profunda gratidão e peço ao Senhor que a todos retribua com a Sua medida de "cem por um"

P. José Rui da Costa Pinto

Olá Jesus.

Hoje acordei com uma vontade imensa de falar conTigo! Algo que já não fazia há muito tempo...

Levantei-me da cama, lavei o meu rosto e quando me olhei no espelho, deparei-me com uma pessoa de coração frágil, oca, sem objetivos, distante dos homens e ... de Ti!

Senti vergonha do que vi. Uma enorme tristeza por já não ser quem era e me ter transformado numa pessoa fria, distante, incapaz de transmitir um pouco do Teu Amor aos outros que tanto carecem de Ti!

Pensei inúmeras vezes em desistir, ocupando o meu pequeno coração com outras futilidades que me preenchem momentaneamente e nem sempre estão lá para mim.

E depois, paro... e dou por mim a relembrar tudo de bom que construiste à minha volta. Invade-me um sentimento nostálgico e penso o quão feliz eu fui... por Te ter como meta e meu leme! ConTigo vivi as experiências mais profundas da minha vida! Relembro-me com muito carinho do dia em que Te conheci verdadeiramente, comungando a minha vida com os mais desfavorecidos e menosprezados!
Por isso, ó Pai, peço-te que me perdoes... pelas vezes que falhei e me recebas novamente no Teu colo acolhedor e no Teu abraço reconfortante! Obrigado pelo Teu Amor que alimenta e revigora a minha vida!

Deixa-me carregar a Tua Cruz e fazer este caminho até ao Calvário lado-a-lado!

Como sempre foi e sempre será!