Saltar para o conteúdo

liberta-te…semeia a esperança!

“Bem aventurada a que acreditou, porque se hão-de cumprir as coisas que da parte do Senhor foram ditas” (Lc1, 45)

Maria corre para ajudar Isabel, que está grávida, e que lhe faz esta saudação tão bela!

Bem aventurada, Maria, porque acreditaste, e a tua vida ensina-me a confiar plenamente em Deus!

Bem aventurada, Maria, porque aceitaste, e a tua missão ensina-me a colocar os meus dias nas mãos de Deus.

Bem aventurada, Maria, porque confiaste, e a tua determinação ensina-me a viver sem passividade, sem medo!

Hoje, tomo consciência de como se torna frágil a minha fé sem obras, e tal como Maria partirei ao encontro de alguém  (familiar, amigo…) que precisa da minha ajuda.