Aprender a ser Esperança

“José, seu esposo, que era justo e não queria difamá-la, resolveu repudiá-la em segredo.” (Mt 1, 19)

José, homem justo e
delicado, não queria o mal de Maria mas não compreendia o que iria acontecer.

Como lido com as minhas
dúvidas? Dou espaço a intrigas e pensamentos maliciosos?

Peço ao Senhor que escute
as minhas preocupações e me dê a sabedoria de confiar N’Ele e aprenda a ser
Esperança no que me vai acontecendo.