Saltar para o conteúdo

Galardão “a nossa terra” 2018

O CAFJEC, ontem à noite, teve o privilégio de ter recebido o galardão “a nossa terra” na categoria Instituição de Solidariedade Social.

Quando anunciaram os nomeados para este galardão e, seguidamente, o CAFJEC como a instituição solidária premiada sentimos uma alegria imensa por este reconhecimento público civil do enorme trabalho que apesar das dificuldades vamos concretizando em prol dos jovens mais carenciados e/ou marginalizados.

Como proferi no palco aquando da receção do galardão, este prémio representa para nós mais um estímulo a continuarmos o desafio trabalhar com estes jovens acolhidos, que representam tantas periferias da nossa sociedade, e trazê-los para o centro; para o centro da nossa preocupação, para o centro do nosso coração, da nossa capacidade de amar e acolher e, com eles, irmos “fazendo o bem, bem feito”.

Certamente abraçando este grande desafio ajudaremos a que muitas “vidas de periferias” passem a ser vidas mais dignas, vidas mais humanas, vidas solidárias e, por isso, vidas mais felizes.

Naturalmente agradecemos o galardão recebido em nome dos jovens acolhidos, em nome do nosso Assistente, P. Costa Pinto, e em nome de todos os que fizeram e fazem parte da “família” JOEMCA (Equipa Diocesana,  Animadores e Jovens dos grupos).

Por fim, agradecemos também o estímulo que todas as pessoas e instituições presentes, incluindo o júri e a organização (Direnor), nos deram e continuam a dar para continuarmos, no CAFJEC, a “fazer o bem, bem feito” em favor dos jovens mais frágeis da nossa sociedade.